Tag: B2B

A publicidade e propaganda neste aplicativo, tem maiores chances de conversão por seus usuários serem específicos.
DKMA Tecnologia

Como começar a anunciar no LinkedIn?

O marketing digital não se resume apenas às redes sociais de entretenimento, tanto que conseguir desenvolver uma comunicação para atrair o público e garantir que chegue aos usuários interessados, é um grande desafio. Embora muitas empresas escolham Instagram, Facebook e Twitter, para serem seus principais canais de anúncios você não precisa se limitar às opções comuns da internet. 

Cada rede social é única, às vezes sair um pouco fora da curva na hora de anunciar é um benefício, pelos novos formatos e oportunidades para serem explorados com vantagens exclusivas. 

O Linkedin pode ser esse movimento ousado na sua estratégia de marketing, quer saber mais sobre essa função da rede profissional?  Nesse caso, se prepara que vamos te contar mais deste lado da plataforma! 

Perfil do seu negócio  

Vagas para anunciar nas redes sociais tem aos montes, mas só o perfil certo alcança resultados.

Vagas para anunciar nas redes sociais tem aos montes, mas só o perfil certo alcança resultados.

Tudo vai depender dos objetivos do seu negócio, se essa será uma ferramenta que vai ajudar no desenvolvimento de campanhas com grandes potenciais para resultados, especialmente se o seu foco for um público profissional ou no Business to Business (B2B) por meio de anúncios exclusivos. Mesmo que no começo possa ser uma aposta de empreendimento complexo, o investimento vale a pena se for feito da maneira certa. 

Se esse for o seu modelo de negócios, vale a pena conhecer mais sobre o assunto: 

https://dkmatecnologia.com.br/descubra-como-vender-mais-no-seu-e-commerce-b2c/

A diferença entre os tipos de usuários desta plataforma para as outras, são os seus interesses e condições financeiras que buscam vagas de trabalho, ou seja, o alcance para um público mais profissional tem melhores chances de conversão de vendas.

Como em todo recurso que trabalha com o formato Ads, definir a segmentação através das variáveis específicas é o que vai caracterizar o sucesso da publicidade escolhida. Fatores como comportamento, cargo, função de trabalho, grau escolar, nichos de atuação entre muitos outros; quando aplicados com planejamento são excelentes para marcas que miram em clientes empresariais e também consumidores.

Essa segmentação única, atua com influência sobre os produtos e serviços voltados aos consumidores e usuários que muitas vezes só estão lá para buscar uma vaga de emprego, mas se encaixam no perfil da sua empresa e são fisgados pelos seus anúncios independente do setor.

Estágio de otimização profissional 

A administração eficiente das campanhas, é o que gera vendas para o negócio. 

A administração eficiente das campanhas, é o que gera vendas para o negócio. 

Os tipos de publicidade exclusivas também estão aqui, promover as campanhas nas postagens patrocinadas gera interação pela exposição que são consequência de toda visibilidade, que busca os cliques e as conversões. O maior destaque desta categoria é o Sponsored Content, que aparece no feed fazendo parte dos conteúdos dos usuários, sempre indicado por uma tag de patrocinado junto com o nome da marca, feito com a intenção de conhecer melhor o público. 

Pode ser usado em conversões e em leads qualificados, construindo uma autoridade para marca durante esse processo com possibilidades de vários modelos em vídeos, imagens fixas ou carrosséis para o seu conteúdo. Independente do formato do anúncio e a linguagem dele, as formas de cobrança podem ser por Custo por Clique (CPC) ou pelo Custo por Impressões (CPM) que já são velhos conhecidos, para quem usa e abusa das mídias pagas. 

Uma função interessante para explorar são os anúncios de cadastro, que oferecem as conversões sem precisar guiar o público por todo o site, já que através do cadastro suas ofertas vão ser recomendadas ou aparecer em primeiro facilitando a jornada de compra. Que expande essas tarefas para outros aspectos como o e-mail através do Sponsored InMail, incluindo a dinâmica dos textos, formas interativas e diferentes do mesmo anúncio para testes, com a opção de gerenciar seguidores e o tráfego da web. 

Distribuição e demanda estratégica

Conhecer os motores de busca, torna o LinkedIn um caminho para se destacar no mar de Ads.
Conhecer os motores de busca, torna o LinkedIn um caminho para se destacar no mar de Ads.

Com todos esses lances de anúncios, aproveite a nutrição completa de leads além do acompanhamento tradicional por e-mail, o LinkedIn tem um método que é o Lead Accelerator da rede. Nesse campo pode estar a chave do sucesso, esta é a chance de você rastrear os clientes com maior potencial para investir em anúncios direcionados, como o forte Remarketing. 

Esse é o melhor caminho para conquistar clientes, ao mesmo tempo, que mantém os clientes que já estão num relacionamento sério com a sua marca que custam menos do que os novos. 

As taxas de conversão são vantagens que removem etapas do AIDA (Atenção, Interesse, Desejo e Ação) com o público, isso é muito significativo, para os seus esforços na divulgação dos produtos e serviços. Enquanto você anuncia e publica no LinkedIn, eles também são destacados em outras páginas de negócios, alcançando novas pessoas e engajando suas estratégias dentro e fora da internet. 

Quer tornar o Linkedin na sua nova plataforma de anúncios? Entre em contato com a DKMA, para expandir o seu alcance nas mídias digitais pagas! 

Todo-o-potencial-do-e-mail-marketing-B2B-dkma-tecnologia-e-marketing-1
Criação de Sites E-commerce Marketing Digital

3 passos para um site B2B melhor

Os consumidores B2B de hoje dependem de canais digitais em todas etapas de sua jornadas – mesmo depois de interações pessoais com representantes de vendas.
Como resultado, os esforços das organizações comerciais para identificar, nutrir e perseguir oportunidades “em série” – primeiro através do engajamento digital via marketing, seguido de uma entrega às vendas para a interação em pessoa – não suportam a maneira como os clientes realmente compram .
Em vez disso, as melhores empresas devem evoluir para o mecanismo comercial “paralelo”, onde as estratégias digitais e pessoais se complementam em todas as etapas da viagem multicanal do comprador.
Em outras palavras: todos nós trabalhamos duro para criar para a nossa organização uma “visão perfeita do cliente”. Agora, é hora de construir uma visão perfeita de nossas organizações para os clientes.
Para chegar lá, a maioria dos fabricantes terá que repensar – e, finalmente, re-desenhar – seus sites, os clientes não estão apenas comprando digitalmente. Eles dependem fortemente dos sites dos fornecedores para fazê-lo.
Na verdade, achamos que os sites dos fornecedores são o canal digital mais consultado para clientes em todas as etapas do processo de compra.
E, no entanto, a grande maioria dos sites B2B não foram projetados para suportar esse tipo de comportamento de compra. Em vez disso, eles são principalmente projetados para “transmitir”.

Especificamente, todos estamos tentando dizer ao mundo três coisas: (1) quem somos, (2) o que fazemos e (3) como ajudamos.

Para ajudar os compradores a comprar, no entanto, os sites B2B terão de cumprir três princípios de design críticos e muito diferentes que avançam.
 

1. Dê aos clientes um ponto de entrada em seus termos.

Depois de revisar centenas de sites B2B em todas as principais empresas, encontramos apenas um punhado que convida os clientes a uma conversa. Para fazer isso, os fornecedores precisam parar de falar sobre si mesmos.
Em vez disso, eles devem oferecer aos clientes a oportunidade de compartilhar algo sobre quem eles são e o que eles estão procurando fazer – nos termos deles.
Na verdade, não é diferente da cortesia comum em um coquetel. Ninguém quer estar preso falando com uma pessoa que fala sobre quem são e o que eles fazem. No entanto, é exatamente isso que a grande maioria dos sites B2B faz.
Não só esse tipo de abordagem auto-centrada se desvincula, mas também deixa o comprador se perguntando: “Eles até sabem quem eu sou? Ou o que eu realmente faço? “Ou pior,” Eles se importam? “É impessoal, na melhor das hipóteses, e desagradável no pior dos casos – promovendo questões, em vez de conexões, e distância em vez de assistência.
 
 

Perguntas a se perguntar:

Como os nossos clientes se definem?
Em suas mentes, quais aspectos de sua identidade mais afetam a maneira como eles olham fornecedores como nós?
 

2. Sinalize suas soluções na linguagem dos clientes.

Assim como os melhores sites convidam os clientes para uma conversa, eles também orientam os compradores para soluções de fornecedores usando a linguagem dos resultados do cliente – e não as capacidades dos fornecedores.
As melhores empresas tomam o tempo para entender os objetivos empresariais específicos que os clientes estão buscando alcançar e, em seguida, organizar seus sites usando uma linguagem imediatamente reconhecível aos clientes ao longo desses resultados específicos. Dessa forma, os clientes não precisam traduzir.
A cada passo, o objetivo é tornar a aprendizagem e a compra online tão fáceis e ressonantes quanto possível – tudo através de um caminho fácil de acompanhar de navegação que conduzem diretamente às soluções exclusivas do vAuto.

Perguntas a se perguntar:

Qual a ajuda os clientes procuram de um fornecedor em sua categoria?
Qual linguagem específica melhor ressoa com seus clientes para descrever essa ajuda?
 

3. Ajude os clientes a fazer o que estão no seu site para fazer.

Finalmente, os melhores sites identificam e, em seguida, facilitam as tarefas específicas que os clientes chegam ao seu site para serem concluídas.
Tome algo como uma calculadora de custos embutida diretamente em um site. Uma ferramenta como essa permite aos clientes calcular de forma independente os custos de ação, ao invés de confiar em representantes de vendas para justificar a mudança. É uma ideia simples e prática, mas é implantada com um propósito único: permitir que o comprador avance facilmente ao longo da jornada, enquanto permanece no seu canal preferido de escolha.

Perguntas a se perguntar:

Quais as tarefas de compra específicas que seus clientes estão chegando ao seu site para serem concluídos?
Quão fácil é encontrar suporte para essas tarefas no seu site agora?