Av. Nova Cantareira 2014 sala 123
11 2996-3966

4 tendências para o e-commerce em 2018

À medida que a indústria de e-commerce passa mais um ano crescendo, a busca por tendências do comércio digital em 2018 atinge um novo recorde. Se você é um empreendedor tentando entender como montar uma loja online, um consultor para o mercado online ou simplesmente um cliente que está com fome de mais, é extremamente interessante que examine o que 2018 trará para todos nós.
E não é de admirar que todos estejam tão ansiosos para descobrir; afinal de contas, as vendas de e-commerce atingiram US $ 1,86 trilhões em todo o mundo em 2016, e a projeção é de que aumente para US $ 4,48 trilhões em 2021! Naturalmente, todos, desde o possível empreendedor até a empresa de médio porte até empresas de comércio eletrônico como a Amazon, querem se preparar para mudanças de tendências.

Aqui está o que consideramos serem as tendências mais importantes para o e-commerce para 2018.

 

 

  1. Os clientes esperam mais

Para começar, o cliente espera um site limpo e sem bugs, uma experiência de compra tranquila e uma política clara de devoluções / reembolsos sem qualquer impressão detalhada.
Em seguida, o cliente sabe que o big data já percorreu um longo caminho. Assim, o cliente espera que você economize seu tempo conhecendo seus padrões de compras: sugira-lhe o produto certo, na hora certa, pelo preço certo.
A comunicação de entrada pode ser personalizada em tempo real com as tecnologias certas. As marcas precisam criar envolvimento relevante e significativo com seus clientes, agregando valor aos seus negócios
Os padrões de compra dos clientes estão mudando rapidamente. Eles serão mais orientados para a pesquisa do que antes. Um cliente realizará uma boa pesquisa com mais rapidez, em diferentes sites. Ela digitará uma palavra-chave (por exemplo, “cafeteira”) na caixa de pesquisa e pressionará enter. Quando ela chegar a uma determinada página, ela passará rapidamente pelos detalhes do produto, pelos preços e pela foto. Se o layout não agradá-la, os detalhes são muito vagos ou técnicos demais, o preço não está claro ou as fotos não são interessantes o suficiente, ela passa rapidamente para o próximo site. E você perde outro cliente – apenas porque seu site não foi organizado o suficiente.

O que você deveria fazer:

  • Entre em ação: escolha os parceiros certos, para começar. Obtenha sua tecnologia correta e integre-a à sua loja de comércio eletrônico.
  • Tenha um site amigável: mantenha a experiência de navegação fácil, segura e rápida. Apresentar detalhes do caminho certo. Respeite o horário do cliente.
  • Obtenha mais do seu analytics: Implemente as ferramentas do mapa de calor no seu site. Estude os padrões de compra mais sutis. Descubra o que funciona melhor. Em 2018, sua equipe de análise deve analisar as letras miúdas.

 

  1. Entregas e Agilidade Serão Chave

As empresas de comércio eletrônico que podem transferir mercadorias para fora no momento em que o cliente fizer um pedido e, ainda assim, cobrar taxas de remessa zero ou insignificantes, ganharão com uma margem maior. Nesse ambiente competitivo, as empresas de comércio eletrônico precisam inovar na otimização de suas entregas de última milha.
Em 2018, poderemos ver muitas empresas de serviços de entrega de drones, como a Flytrex, iniciarem suas operações, bem como empresas de logística tradicionais, como a DHL e a UPS, investirem mais em serviços de entrega de drones para torná-las acessíveis a donos de lojas de comércio eletrônico.
A Amazon está começando a usar drones para entregar pacotes com segurança aos clientes em 30 minutos ou menos – chama-se Prime Air.
As empresas de comércio eletrônico precisarão ajustar suas parcerias de logística e integrações de remessa, fazer verificações de qualidade de embalagem para garantir que o cliente receba o produto certo com a embalagem certa no momento certo.

O que você deveria fazer:

  • Concentre-se na entrega: Prepare-se para gerenciar bem a logística. Seu cliente quer que você entregue à sua porta rapidamente. Receba os parceiros de logística certos a bordo.
  • Considere Dropshipping: Você pode considerar dropshipping para cortar custos de estoque. No entanto, certifique-se de obter as verificações de qualidade corretamente.
  • Agregar valor à embalagem: em 2018, os clientes vão querer embalagens melhores, mais seguras e mais atraentes. Aproveite a oportunidade de agregar valor à embalagem.

 

  1. A Importância e Versatilidade do E-mail Continuará Crescendo

Com todas as ferramentas de marketing de conteúdo, o email é alto. De acordo com o CampaignMonitor, em seu relatório de 2016, cada dólar gasto em email marketing obtém um ROI de US $ 44 – ou um retorno de 4400%!
Em 2018, use a análise para criar campanhas de marketing por email mais bem direcionadas. Dependendo se foi um visitante casual, um cliente fazendo sua primeira compra ou um cliente fiel retornando, seus e-mails serão alterados. Os e-mails realizarão várias funções, desde venda até o remarketing e engajamento, e estão ficando cada vez mais poderosos.
Por outro lado, algumas marcas estão trazendo características revolucionárias e possivelmente disruptivas. Esses e-mails altamente interativos permitem que os clientes adicionem produtos ao carrinho, façam compras ou enviem análises de produtos sem precisar deixar o e-mail. E eles estão integrados com os principais provedores de serviços de e-mail.

O que você deveria fazer:

  • Use o e-mail melhor: o e-mail gera um ótimo ROI. Receba e-mails para enviar lembretes, fazer ofertas e confirmar pedidos.
  • Crie sua lista de e-mails: tenha uma lista de e-mails, mas não envie e-mails como se você fosse um spammer. A / B testa o conteúdo, o tempo e o design dos emails.
  • As regras anti-spam estão ficando mais restritas: Atos como o CAN-SPAM Act serão mais difíceis em 2018. Descubra maneiras criativas de gerar valor em vez de SPAM.
  1. Análise de dados irá melhorar o marketing em todas as fases

As análises sofisticadas agora são capazes de produzir dados sobre cada ação realizada – ou não – pelos visitantes e clientes. Por exemplo, qualquer empresa líder de desenvolvimento de comércio eletrônico Magento pode ajudá-lo a configurar as análises para o seu site para melhorar o Otimização do Mecanismo de Busca (SEO). A questão é como as empresas de comércio eletrônico usarão essa riqueza de dados.4.A partir da análise de palavras-chave, os especialistas em SEO terão que trabalhar muito mais em 2018.
O Google Analytics pode dizer que determinados produtos geralmente são comprados em sequência, por exemplo, tênis de corrida e garrafas de água potável. Com essas informações, você pode configurar campanhas de intenção de saída para clientes que compram sapatos, mas confira sem comprar garrafas de água. Você pode configurar acionadores que solicitam esses clientes antes de fazer o check-out. Ou ter acionadores que exibem descontos apenas para os clientes que saem sem comprar, mesmo depois de quatro sessões na mesma página do produto.
Todas as principais tendências de e-commerce para 2018 sugerem que, para ter sucesso, as empresas precisarão usar e avaliar a enorme quantidade de dados de usuários para produzir conteúdo mais inteligente, uma melhor experiência de compra e técnicas de marketing mais direcionadas.

O que você deveria fazer:

  1. Mudar para uma melhor análise preditiva: Prever melhor. Concentre-se em poder orientar e prever o comportamento de compra do cliente, com base nos dados disponíveis.
  2. Gerencie melhor seus preços: saiba o preço máximo que seus clientes estão dispostos a pagar. A gestão de preços será um diferencial importante em 2018, tanto para receitas quanto para lucros.

Conclusão

O comércio eletrônico está crescendo rapidamente e, para se destacar da multidão, é preciso ser um pioneiro e inovar com as tendências em constante mudança na indústria de comércio eletrônico. Os encarregados de desenvolver estratégias de marketing de comércio eletrônico em 2018 devem prestar muita atenção a essas grandes tendências e formular uma estratégia eficaz para se manter à frente de seus concorrentes e converter o máximo possível de clientes em potencial.

Deixe um comentário