Av. Nova Cantareira 2014 sala 123
11 2996-3966

3 novas redes sociais para investir em 2020

Você já se perguntou quais serão as novas redes sociais que dominarão a internet? Nem só de Facebook, Twitter e Instagram vive a web, existem outras redes sociais. No mundo digital, as plataformas vêm e vão. Quem diria que o Orkut, o Foursquare e o Snapchat entrariam em desuso no Brasil, não é mesmo? Nenhuma mídia social é blindada. Em uma era de conexões cada vez mais rápidas, elas podem ser empoderadas ou sumirem de uma hora para a outra. Nesse cenário, reconheço várias aspirantes a novas mídias dominantes. E é exatamente sobre elas que falarei neste texto.

1. Shoelace A Shoelace é nova rede social do Google criada em 2019. Ela aposta nos interesses e eventos em comum para conectar as pessoas, e é a grande sacada da empresa para voltar a figurar entre as grandes redes sociais interativas. É voltada apenas para dispositivos móveis, pelo menos a princípio. Basicamente tem como principal ponto o encontro presencial entre pessoas, mostrando uma tendência na contramão das mídias tradicionais de internet. 2. Hello Fundada pelo mesmo criador do Orkut junto a um pequeno grupo de engenheiros do Google, a Hello promete ser um ambiente seguro para amizades verdadeiras. Ou seja, visa auxiliar o encontro de pessoas com interesses semelhantes e localidades próximas (bem similar ao que promete a Shoelace, por sinal).

3. TikTok Fundada em 2016, a TikTok já conta com mais de 1,5 bilhões de usuários ativos mensalmente. Com o lema “faça seu dia”, a rede social tem como foco o compartilhamento de vídeos criados por pessoas comuns. Para se ter uma ideia do potencial do aplicativo, ele foi mais baixado que o Instagram e o Facebook em 2018. Aqui as pessoas se divertem. Gravam vídeos curtos (entre 15 e 60 segundos) e criam clipes musicais e cenas engraçadas. Mas o ponto forte são as dublagens. Os usuários podem inserir filtros animados, efeitos visuais, textos, sons e músicas para tornar seus vídeos mais interessantes. Outro ponto importante é o uso de hashtags para desafiar outras pessoas. O recurso é um sucesso nos segmentos de moda, eventos, mídia e entretenimento, mas tem grande potencial para expansão para outras áreas.

Fonte: neilpatel

Deixe um comentário